“Comfort Food” e “pratos de pista” viram tendência em buffet de casamento

Para aquelas que adoram inovar, as ideias que pipocam a todo momento só aguçam os sentidos. Os buffets, por sua vez, tentam inovar o cardápio e os serviços oferecidos para se superarem, e na maioria das vezes o objetivo é alcançado.

Por exemplo, há pouco tempo, duas novas ideias surgiram como sugestão para o menu de buffets para casamento, um mais conservador e outro mais “descolado”. Entenda os dois, agora.

Pratos de pista

Os pratos de pista, como são chamados, vieram com o intuito de agradar os casais jovens, que estão na casa dos 30 anos de idade. Esses noivos geralmente possuem grande parte dos convidados também jovens, que esperam uma festa divertida e com o cardápio variado. Os pratos de pista vêm então com comidinhas mais simples, como escondidinho de carne seca, torradas, salgadinhos folheados, massas frescas e canapés. No acompanhamento, sucos e coquetéis diversos de frutas.

Nesse tipo de buffet, o café tradicional servido ao fim da festa pode ser substituído por milk shake de ovomaltine ou capuccino gelado, e rosquinhas de polvilho. A ideia é manter o ambiente descontraído, pois geralmente a balada acontece até tarde da noite quando os convidados são mais novos.

Comfort food

Com o intuito inverso, o confort food chega com a vontade de buscar as raízes dos convidados. Aguçando seus sentidos, os pratos devem aguçar o paladar com requinte e finura, ou seja, tudo deve ser servido em pequenas porções e na medida certa.

Por exemplo: o doce “tradicional” da família, aquele que só a vovó consegue fazer, pode ser servido em momento especial, podendo ser anunciado pelos noivos para que seja lembrado com carinho.

Beijos,

Flávia e Michelle

 

Anúncios